quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Hoje....

Hoje é o dia de despertar em mim a doce criança que um dia  eu fui....
Pra lembrar da minha infância  que está guardada. ....
Pra rir das brincadeiras  de rua e dos amigos que ficaram lá atrás. ...
Pra trazer a alegria dos encontros e das festas que existiam....
Pra brincar de brincar com a saudade .....
Pra rodar na roda que só  nós podiamos fazer....
Pra  contar as estrelas no céu  sem poder apontar o dedo....
Pra jogar bola de meia e bola de gude e chegar em casa campeão. ...
Pra ir pra escola e estudar pra depois brincar ....
Pra visitar a tia  e não  poder  se mexer na cadeira e nem aceitar nada....
Pra brincar até  cansar com a nossa cachorrinha que era a mais bonita do Bairro. ...
Pra soltar a pipa que tinha uma rabiola bem grande e sair cortando todo mundo...
Pra se esconder no pique esconde e ninguém me achar....
Pra esperar a noite de Santo Antônio, São João  e São  Pedro pra dançar quadrilha e comer a canjica mais gostosa  que só  a minha avó  fazia. ...
Pra ir na praia com a minha tia e os meus primos. ...
Pra sair no Domingo e ir na Praça  e comer pipoca....
Pra ver  a cegonha que ia  trazer um bebê pra vizinha . Mas a gente nunca conseguiu. ...
Pra voltar a aprender  a andar de bicicleta. .....
Pra voltar a acreditar em Papai Noel e em Coelhinho da Páscoa e compreender que a magia de ser criança estava na inocência e na pureza que nenhum de nós  poderia ou deveria perder...
Tomara que de tempo de lembrar de tudo....

Um comentário:

Maria de Lourdes Fiorotti Cypreste disse...

Oi Marco lindo seu texto.... Deu saudades, então lembrei de seu blog.. Deus esteja contigo. braços